Organização Comunitária

You are currently browsing the archive for the Organização Comunitária category.

Diante de tantos desafios que a comunidade de Muratuba tem enfrentado, desta vez estamos começando a superar mais um deles. É isso mesmo, depois de tanta luta e tanta espera, hoje foram entregues as primeiras casas construídas com o recurso do Projeto Crédito Habitação. Para a Associação ASMOCOM, é um passo muito importante e positivo, porque dentro do município, é a primeira comunidade que se uniu e tomou para si essa responsabilidade. E com isso, é capaz de mostrar para as outras comunidades, que é possível administrar esse projeto. Segundo o representante do INCRA, o que era considerado um problema tornou-se agora um exemplo para outras comunidades,que estão esperando pelos construtores, uma vez que Muratuba, está trabalhando somente com o complemento do referido projeto. Para as famílias que já receberam sua casa, é um motivo de grande alegria, pois o sonho de ter uma casa mais confortável e com maior segurança, hoje está se tornando realidade, elas acreditam que vale apena lutar e confiar na força da organização comunitária.

Nesta quinta-feira 17 de setembro a comunidade escolar de muratuba esteve realizando mais um trabalho geral de limpeza e ornamentação do centro comunitário, visando uma boa recepção para as comunidades índigenas e a caravana arte na escola, que estarão na comunidade neste final de semana.

Com o objetivo de estimular a criatividade dos alunos e professores das Escolas Índigenas do Pólo Santa Luzia, a Caravana de Arte Educadores em conjunto com a coordenação da Educação Índigena da SEMED estarão realizando oficinas de dança, teatro, artes plásticas e artesanato na comunidade de Muratuba nos dias 18 e 19 de setembro. Durante a programação teremos a participação das Escolas Índigenas das comunidades de Jaca, Paraná-Pixuna, Jauarituba, Santo Amaro, Mirixituba e Limãotuba. As atividades serão desenvolvidas com as crianças de 7 a 14 anos, Professores e Lideranças Índigenas. A comunidade escolar de Santa Luzia está se preparando pois, sabe que irá receber no mínimo 300 participantes no referido evento.

A escola juntamente com os comunitários se reuniram para fazer uma nova casa para os profesores do ensino médio, tendo como finalidade melhorar a estadia dos professores que vem para a nossa comunidade.E nessa quinta-feira dia 27 de Agosto deram início no trabalho da casa, que vai ser agora bem mais próximo da escola, que concerteza ficando mais próximo da escola faciitará para os professores.Esperamos que os professores gostem de sua nova estadia, e assim ficaremos muito felizes e satisfeitos com o trabalho que estão realizando na nova casa dos professores.

É isso mesmo, Muratuba decidiu unificar as coordenações de grupo de jovens, telecentro e rádio comunitária. Para isso,foi formada e eleita uma coordenação geral que juntamente com o grupo de apoio estarão buscando a melhor forma de conduzir essa organização.Essa coordenação, é composta por 3 jovens e 1 professora e o grupo de apoio é formado por representantes da Associação comunitária ASMOCOM, escola Santa Luzia e catequese. Dentre as metas a serem executadas, está a realização de eventos visando arrecadar recurso financeiro para garantir a reposição de materiais que foram usados na estrutura do prédio do telecentro comunitário, a mobilização para o 6º aniversário da Rádio Raio de Sol, além de outras atividades. Os desafios são inúmeros, mas a vontade de superá-los é bem maior.

O grupo de jovens à frente dos trabalhos comunitários da comunidade de muratuba, reúne nesta manhã de quinta-feira todo o povo da comunidade para realizar mais uma atividade denominado limpeza das estradas. Cerca de 60 pessoas, entre jovens e adultos, estão trabalhando para manter o ambiente limpo para que nossos visitantes possam usurfruir da beleza que é a comunidade de Muratuba.

Para manter a comunidade sempre limpa o conselho local integrado de saúde-CLIS está organizando uma campanha de coleta do lixo.

O grupo irá trabalhar na fabricação de paneiros para coletar o lixo no centro comuitário.

Visando o destino do lixo das residências dos comunitários o conselho da CLIS resolveu priorizar duas áreas adequadas para que cada pesssoa transportar o seu lixo até o seu devido lugar.

Com isso a comunidade só tem a ganhar. Pois lembre-se comunidade limpa, ambiente saudável.

Lideranças de Muratuba  decidiram aderir  mais um desafio, e desta vez, é pra fortalecer  a  rede  de proteção do ECA. Agora,  temos uma   equipe bem numerosa  e  que  está com  disposição  para  levar  em frente sua  proposta de trabalho.Veja  quem  está  balançando essa  rede:  Associação  comunitária  ASMOCOM, Escola Santa  Luzia,  equipe de  catequese,  grupo de jovens  JOBESP, Movimento indígena, Conselho Local Integrado de  Saúde-CLIS,  Agente comunitário  de  saúde, jornal Arte Vida, Conselho Gestor do Telecentro  e a  rádio comunitária  Raio de Sol.Você também  é convidado. Junte-se  a nós  em  defesa  das  nossas  crianças e adolescentes.

A coordenação da Educação Indígena da SEMED, composta por Iara Ferreira, Elaine Ribeiro dos Santos e Zildenice, esteve reunida com a comunidade escolar de Muratuba nesse dia 8 de abril.E com o objetivo de traçar uma proposta pedagógica para as escolas indígenas, a equipe fez um diagnóstico com as famílias da comunidade, buscando informações sobre a realidade escolar, quanto ao ensino aprendizagem dos alunos, o trabalho dos professores e como a cultura local está sendo aplicada em sala de aula.

O Conselho Integral de Saúde – CLIS, está organizando para o dia 26 de abril, o lançamento da Campanha Caixinha da Solidariedade, que tem a finalidade de auxiliar os comunitários nos casos de emergência. Durante o evento haverá palestras, apresentação de vídeos, jogo de bingo,vendas de churrasco, refrigerante, pão caseiro, enfim, a comunidade vivencia essa grande expectativa que, no  futuro todos esperamos que dê certo. Que cada um de nós possamos ser solidários, na esperança de ajudarmos uns aos outros.

« Older entries § Newer entries »